Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


“Nunca deixo para hoje o que posso fazer amanhã”

por PSI Frasquilho, em 04.02.15

É urgente. É para ontem. Olhe que o prazo está a terminar. É inadiável.

Palavras ocas para Pablo. Encolhe os ombros:  – Sim, sim. Depois se vê.

Afasta uma pilha de documentos, todos um dia foram prioritários, e “ataca” aquele que lhe assinalaram ser urgente. Examina a introdução e à 5ª linha segue para a revisão dos últimos emails. Passa três  e abre o 4º e outros dois  a seguir. Pensa, deambula por alguns mais com a menção de  importante e …fecha o mail. Diz a si próprio “demasiada pressão, não dá. Preciso de um café. “

Na cafetaria uma colega pede: -Despacha o caso da empresa Niblium, estão a exigir respostas.

- Sim, sim, claro. Mas ainda precisa de análise mais detalhada. Depois envio.

De volta ao posto, retoma o dito documento urgente. Nota-lhe umas falhas, não seriam assim tão categóricas, mas… “merecem uma correção. Amanhã devo ter melhor disposição para isso.”

Passa o Petrus: - Pablo, e então o ofício do gabinete Medeia? O prazo já se foi há séculos.

- Está em finalização.- hesita .

- Para quando?

- Bom, depois de uns acertos talvez amanhã.-esquiva-se

- Pega nele já e despacha-me isso.

Pablo esgatanha a pilha de documentos e repesca o dossier Medeia. Sente um aperto no peito, um sofoco.  “Não dá, isto requer atenção e paciência. Agora não dá” -decide.

Entretanto passa o Marco que lança: Podes- me tratar da encomenda 3W?

 - Claro. É para já.- tranquiliza

 Pega no telefone e… resolve ser melhor ligar à Mizé a combinar um jantar nesse dia. “Tenho a cabeça demasiado esvaída. Muitas preocupações. Muito trabalho. Tudo decisivo e urgente. Preciso arejar”

Cerca  de 20% da população mundial é procrastinador. As causas podem resultar da simples preguiça, de incapacidade de concentração e autocontrolo, de perfecionismo, de  medo de falhar, de fadiga, de frustração, de depressão, mas também de um temperamento rebelde, impulsivo e caos pessoal

E no seu caso? Teste em  http://www.playbuzz.com/sidartal10/que-tipo-de-procrastinador-voc

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:31



Na balança entre a tortura e o prazer, as perdas e os ganhos, a morte e a vida, eis uma análise coloquial . Os fatores psicossociais de risco à lupa da psiquiatria. Um SOS e uma partilha. Diga? Posso ajudar?

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D