Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A alegre viagem vazia

por PSI Frasquilho, em 01.04.15

LLLLLL.JPG

A sobrecarga mental é uma das ferocidades  deste novo século. Há incontável informação a ter em conta, informação essa renovada a cada dia. A atenção dispersa-se por uma floresta ondulante de estímulos. A atenção está a ser captada concomitantemente por emissores diferentes. Daí tantos proclamados distúrbios de défice de atenção. A memória é posta á prova nos limites a cada segundo. Há pressões, pressões e velocidade, uma louca e extremada corrida. Tal causa fadiga, à qual se alia uma ansiedade destrutiva. Por maior que seja o esforço nunca é suficiente.

A capacidade de decisão sofre, é impossível abranger tudo o que momento a momento se modifica. É a concentração que se esvai.

Depois…erros, incidentes, insatisfação, mais ansiedade, menor desempenho, mais falhas e caos.

A saúde geral fica comprometida perante a sobrecarga mental.

 Lembrem Kafka:  "Quanto mais cavalos atrelas para o trabalho, tanto mais rápido ele anda, ou seja: não para arrancar os blocos de alicerce, o que é impossível, mas para rebentar as correias e, como resultado, a alegre viagem vazia. "

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:33



Na balança entre a tortura e o prazer, as perdas e os ganhos, a morte e a vida, eis uma análise coloquial . Os fatores psicossociais de risco à lupa da psiquiatria. Um SOS e uma partilha. Diga? Posso ajudar?

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D